quarta-feira, 31 de julho de 2013

Você quer um amigo? (J. C. Ryle)

                                              

                                                 SINOPSE DO LIVRO VOCÊ QUER UM AMIGO?


“Este mundo é cheio de tristeza, porque é cheio de pecado. É um lugar escuro. É um lugar solitário. É um lugar decepcionante. O raio de sol mais brilhante neste mundo é um amigo. Amizade corta nossos problemas pela metade e multiplica por dois as nossas alegrias. Você tem um amigo?
Um amigo verdadeiro é escasso e raro. Há muitos que irão comer, beber, e rir conosco na luz do sol da prosperidade. Há poucos que permanecerão ao nosso lado nos dias de escuridão, há poucos que nos amarão quando estivermos doentes, desamparados e pobres, há poucos, acima de tudo, que cuidarão de nossas almas. Você tem um amigo verdadeiro?
Leitor, você quer um amigo verdadeiro? Eu escrevo para recomendar um à sua atenção neste dia. Eu sei de um que ‘é mais chegado que um irmão.’ (Prov. 18:28). Eu sei de um que está pronto para ser seu amigo por todo tempo e eternidade, se você o receber. Ouça-me enquanto eu tento te contar algo sobre Ele.
O amigo que eu quero que você conheça é Jesus Cristo. Feliz é a Festa de Natal em que Cristo tem o lugar principal!”
J. C. Ryle

CARACTERÍSTICAS

Título: Você quer um amigo?
Autor: J. C. Ryle
Publicação: Projeto Ryle
Páginas: 16
Tradução: Livia Berlandi Vale
Revisão: Armando Marcos Pinto

Porque cantamos Salmos (Daniel Hyde)


                                              SINOPSE DO LIVRO PORQUE CANTAMOS SALMOS

‘Os 150 salmos devem ter o lugar principal no cântico das igrejas.’ É assim que o Church Order of the United Reformed Churches in North America inicia seu artigo sobre o que deve ser cantado nas igrejas. Como uma congregação membro dessa confederação, a nossa igreja está comprometida com o princípio de que somos um povo que canta os Salmos. Porém, a questão é: por quê? Especialmente nas igrejas de nossa cultura, nas quais predomina a música cristã contemporânea, cantar os Salmos (também chamado de Saltério) é uma prática exótica. Então, deixe-me aplicar porque cantamos os Salmos.”
Daniel Hyde

CARACTERÍSTICAS

 ítulo: Porque cantamos Salmos
Autor: Daniel Hyde
Publicação: Projeto Os Puritanos
Páginas: 113


Link Para Download: http://www.4shared.com/office/L7J8VtPd/livro-ebook-porque-cantamos-sa.html

A membresia da igreja (Charles H. Spurgeon)

                                          

                                                SINOPSE DO LIVRO A MEMBRESIA DA IGREJA

“E não somente fizeram como nós esperávamos, mas a si mesmos se deram primeiramente ao Senhor, e depois a nós, pela vontade de Deus.” - 2 Coríntios 8:5

“Ó amados professos aqui presentes, sua consagração a Cristo foi tão sincera como essa, ou simplesmente vieram e fizeram uma profissão de fé porque outros a fizeram, e perseveraram nessa profissão – tendo sido uma mentira – porque não suportavam a vergonha de confessar que tinham cometido um erro? Ó, a profissão é sincera ou não? Se não é, que Deus a converta em sincera, pois somente a profissão que vem do coração é a que permanecerá no último dia do grande juízo. Senhor, livra-nos de ter uma religião desprovida de coração!
A consagração deles ao Senhor foi, continuando, uma consagração voluntária. Todos os soldados de Cristo são voluntários, e, no entanto, todos eles são homens forçados. A graça de Deus constrange aos homens para se converterem em cristãos, no entanto, unicamente os constrange sendo consistente com as leis de suas mentes. A liberdade da vontade é uma verdade tão grande como o é a predestinação de Deus. A graça de Deus, sem violar nossas vontades, faz com que os homens estejam dispostos no dia do poder de Deus, e então se ofereçam a Cristo Jesus.”
C. H. Spurgeon

CARACTERÍSTICAS

Título: A membresia da igreja
Autor: Charles H. Spurgeon
Publicação: Projeto Spurgeon
Páginas: 15



Fé salvadora (Charles Haddon Spurgeon)



SINOPSE DO LIVRO FÉ SALVADORA
“Tua fé te salvou.”
Lucas 7:50 e Lucas 18:42

“Nós não devemos forçar nenhuma expressão para fazê-la expressar algo mais além do que se pretendeu dizer, e é bom proteger as palavras para que não sejam mal entendidas; mas por outro lado, não podemos ir tão longe como para negar uma declaração do próprio Senhor, independentemente de que sentido queremos lhe dar. Podemos destacar, mas não contradizer a expressão, pois ali está firme, inalterável,‘Tua fé te salvou’.
Agora, no dia de hoje vamos indagar, com a ajuda de Deus, o que foi que salvou as duas pessoas cujas histórias estaremos considerando? Foi sua fé. Nossa segunda pergunta será que tipo de fé os salvou? E depois, em terceiro lugar, o que isso nos ensina referente à fé?”
C. H. Spurgeon


CARACTERÍSTICAS


Título: Fé salvadora
Autor: Charles H. Spurgeon
Publicação: Projeto Spurgeon
Páginas: 19




Momento de Adoração - Teus Sonhos - Fernandinho




Guarda o meu coração, oh Deus
Guarda o meu coração
De fazer minha vontade
De viver para mim mesmo (2x)

Quão insondáveis são os seus caminhos
Inexplicáveis são os seus juízos

Minha vontade já deixei,
O teu reino já ganhei (2x)

Coro:
Os teus sonhos são maiores do que os meus
Os teus caminhos bem mais altos do que os meus
Toma minha vida tudo é teu,
Toma minha vida tudo é teu.

Venha o teu reino
Seja feita tua vontade (2x)

Minha vontade já deixei,
O teu reino já ganhei (4x)

Coro:
Os teus sonhos são maiores do que os meus
Os teus caminhos bem mais altos do que os meus
Toma minha vida tudo é teu,
Toma minha vida tudo é teu
.


Deus abençoe sua vida!!

terça-feira, 30 de julho de 2013

A Paixão De Cristo

download de filmes evangelicos

TRAILER DO FILME


Sinopse : As últimas 12 horas da vida de Jesus de Nazaré (James Caviezel). No meio da noite, Jesus é traído por Judas (Luca Lionello) e é preso por soldados no Monte das Oliveiras, sob o comando de religiosos hebreus, que eram liderados por Caifás (Matti Sbraglia). Após ser severamente espancado pelos seus captores, Jesus é entregue para o governador romano na Judéia, Poncio Pilatos (Hristo Shopov), pois só ele poderia ordenar a pena de morte para Jesus. Pilatos não entende o que aquele homem possa ter feito de tão horrível para pedirem a pena máxima e eram os hebreus que pediam isto. Pilatos tenta passar a decisão para Herodes (Luca de Domenicis), governador da Galiléia, pois Jesus era de lá. Herodes também não encontra nada que incrimine Jesus e o assunto volta para Pilatos, que vai perdendo o controle da situação enquanto boa parte da população pede que Jesus seja crucificado. Tentando acalmar o povo e a província, que detesta, Pilatos vai cedendo sob os olhares incriminadores de Claudia (Claudia Gerini), sua mulher, que considera Jesus um santo.

LINK PARA DOWNLOAD: http://www.4shared.com/video/FGEcXom0/A_PAIXO_DE_CRISTO_em_HD_-_lege.html

Relacionamentos que Transformam



Por: Pr. Aluízio A. Silva

Relacionamentos são chaves em nossa vida. Nossa história é a história de nossos relacionamentos. A sua vida depende das pessoas que você permite ao seu derredor. As pessoas ao seu redor vão determinar as experiências que você terá em Deus. As pessoas ao seu redor vão alimentar força ou fraqueza em você. Os relacionamentos nunca são neutros em sua vida.

O seu crescimento espiritual depende dos seus relacionamentos. Existem alguns tipos de relacionamentos que podem levá-lo para o vale em vez de ajudá-lo a escalar as montanhas de Deus.
Os relacionamentos são a chave da nossa vitória na guerra espiritual. Nós não fazemos guerra sozinho. Na batalha precisamos de alguém que vigie a nossa retaguarda. Você precisa de irmãos que possam guardá-lo, de irmãos que possam adverti-lo dos perigos do caminho.
Quando Deus quer abençoar você ele coloca uma pessoa na sua vida. Quando Satanás quer destruir você, ele coloca uma pessoa em sua vida. Sabemos que a nossa guerra não é contra carne e sangue, mas contra principados e potestades, mas precisamos estar claros de que a porta por onde o inimigo vai entrar será um de nossos relacionamentos.

Jacó, o picareta, sempre procura Labão, porque os dois falam a mesma língua e têm o mesmo jeito. Mas Maria, que era cheia do Espírito, sempre procura Isabel. E quando as duas se encontram algo dentro delas estremece pelo poder da unção de Deus. Quando Maria encontra Isabel a unção aumenta, mas quando Jacó se encontra com Labão a carne se fortalece. Anda com quem aumenta a sua unção e não com quem desperta a sua carne. Todos nós temos as duas coisas. Todos temos um pouco de Jacó e outro tanto de Maria. Todos nós crentes, como Maria, carregamos a Jesus em nosso espírito, mas como Jacó trazemos muitas heranças da nossa carne. Se procuramos Labão caímos, mas se vamos atrás de Isabel ficamos cheios do Espírito.

Nossos relacionamentos falam de nossa condição espiritual. Se temos relacionamentos saudáveis então somos estimulados a avançar, mas se nossos relacionamentos nos puxam para baixo, então devemos renunciar a eles.
Jesus disse: “Se o teu olho direito te faz tropeçar, arranca-o e lança-o de ti; pois te convém que se perca um dos teus membros, e não seja todo o teu corpo lançado no inferno” (Mt. 5:29). No mesmo princípio eu creio que ele nos diz: “se você tem um relacionamento que o leva ao pecado, arranca-o e lança-o fora, pois é melhor entrar no reino sozinho do que no inferno com muitas companhias. Se o seu namoro o leva ao pecado arranca-o e lança-o fora, pois é melhor ir para o céu solteiro do que para o inferno casado.” Sei que essa atitude radical pode chocá-lo, mas foi exatamente isso que Jesus disse. Precisamos ser radicais em nossos relacionamentos.
Relacionamentos são chaves espirituais, por isso devemos ser radicais com eles. Relacionamentos espirituais devem ser alimentados e fortalecidos, mas amizades com gente rebelde e maledicente deve ser cortada, mesmo que tais pessoas se passem por irmãos.
Os seus relacionamentos vão determinar força ou fraqueza em você. Então escolha bem aqueles que você aceita na sua intimidade. Bênçãos ou maldições vêm através de pessoas que permitimos ao nosso lado.
Gostaria de mencionar alguns tipos de relacionamentos que você deve cortar da sua comunhão. Seja sábio e tenha discernimento espiritual.
1. O ponto de entrada favorito de satanás em sua vida, é sempre através de alguém próximo de você.Certamente o inimigo tentou atingir Jesus através do mar enfurecido e por meio do vento tempestuoso contra o barco. Mas a sua maneira preferida de atacar-nos é através de pessoas próximas de nós. Jesus disse que os inimigos seriam os de dentro da própria casa. “Assim, os inimigos do homem serão os da sua própria casa” (Mt. 10:36).
Satanás tentou atingir Jesus através de Pedro em Mateus 16 e depois através de Judas. Eles foram portas para o inimigo. Portanto, discernir essas portas de entrada é vital para o nosso crescimento espiritual. Nossa guerra é contra o diabo e seus demônios, mas sabemos que as pessoas se tornam portas para que ele possa nos atacar.
Existem relacionamentos que podem levá-lo para o vale em vez de ajudá-lo a escalar as montanhas de Deus.

2. Você sempre buscará amizades que resolvam seus problemas mais imediatos.Aquele que não o ajuda, inevitavelmente vai atrapalhá-lo Não há neutralidade. Você precisa ter cuidado com pessoas que não lhe acrescentam coisa alguma, mas que acabam por levá-lo a perder coisas. Sempre se pergunte: “em que esta pessoa está contribuindo para melhorar a minha vida espiritual?” Se elas não fazem o melhor, vão acabar fazendo o pior.
Não há relacionamento neutro. Nossos relacionamentos são estabelecidos por causa de interesses. Todos os nossos relacionamento de alguma forma nos influenciam.
Cada relacionamento em sua vida é uma corrente movendo você em direção a seus sonhos ou para longe dele.

3. Cuidado com aquele que tenta sabotar a visão de Deus para a sua vida.Paulo advertiu os gálatas a respeito desse tipo de pessoa. “Vós corríeis bem; quem vos impediu de continuardes a obedecer à verdade? Esta persuasão não vem daquele que vos chama. Um pouco de fermento leveda toda a massa” (Gl. 5:7-9). Houve alguém que os influenciou e certamente era alguém próximo.
Deuteronômio 13:6,8 e 9 nos mostra que o maior risco de sedução vem daqueles que estão próximos de nós. “Se teu irmão, filho de tua mãe, ou teu filho, ou tua filha, ou a mulher do teu amor, ou teu amigo que amas como à tua alma te incitar em segredo, dizendo: Vamos e sirvamos a outros deuses(...), não concordarás com ele, nem o ouvirás; não olharás com piedade, não o pouparás, nem o esconderás.” Quando se trata de sedução o inimigo sempre vai usar alguém próximo de nós. Isso parece lógico porque certamente não daríamos ouvido a um desconhecido.
Como você pode perceber quando alguém está tentando sabotar a visão de Deus para a sua vida? Em primeiro lugar ele é alguém que se ressente de seu desejo de crescer e ser recompensado. O irmão de Davi ficou irritado com ele pelo seu desejo de enfrentar o gigante e receber a recompensa. “Então, falou Davi aos homens que estavam consigo, dizendo: Que farão àquele homem que ferir a este filisteu e tirar a afronta de sobre Israel? Quem é, pois, esse incircunciso filisteu, para afrontar os exércitos do Deus vivo? E o povo lhe repetiu as mesmas palavras, dizendo: Assim farão ao homem que o ferir.

Ouvindo-o Eliabe, seu irmão mais velho, falar àqueles homens, acendeu-se-lhe a ira contra Davi, e disse: Por que desceste aqui? E a quem deixaste aquelas poucas ovelhas no deserto? Bem conheço a tua presunção e a tua maldade; desceste apenas para ver a peleja” (I Sm. 17:26-28).
Em segundo lugar ele é alguém que fica infeliz com o seu progresso. Certamente é mais fácil chorar com os que choram do que rir com os que riem. Os conselhos de tais pessoas são para desanimar e não para motivar a avançar. “Então, as gentes da terra desanimaram o povo de Judá, inquietando-o no edificar; alugaram contra eles conselheiros para frustrarem o seu plano, todos os dias de Ciro, rei da Pérsia, até ao reinado de Dario, rei da Pérsia” (Ed. 4:4-5).
Uma terceira característica é que eles sempre procuram destacar uma fraqueza que Deus está tentando remover da sua vida. Dalila dizia querer conhecer o segredo da força, mas na verdade ela queria era expor a fraqueza.
Aqueles que tentam sabotar a visão de Deus para a sua vida o fazem tentando diminuir a fé que Deus está colocando dentro de você. Deus pode estar desejando dar forma ao seu ministério. Sua visão pode estar explodindo, por isso o inimigo fará tudo para abortar esse sonho.

Tais pessoas preferem discutir a respeito do seu passado do que ter uma visão de fé a respeito do seu futuro. Não devemos viver do passado. Precisamos aprender a esquecer. Mas há aqueles que estão sempre nos lembrando daquilo que o sangue de Jesus já apagou.
As escrituras dizem: “Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas. Eis que faço coisa nova, que está saindo à luz; porventura, não o percebeis? Eis que porei um caminho no deserto e rios, no ermo” (Is. 43:18-19).
A quarta característica desses sabotadores é que eles procuram sutilmente diminuir o seu temor de Deus e fazem com que tudo pareça normal e aceitável. Relacionamentos funcionam como lentes espirituais. Eles nos levam a ver as coisas de uma determinada ótica. Aqueles que diminuem o seu temor de Deus oferecem uma visão natural das coisas espirituais e faz com que o pecado se torne normal. Fuja desses. Ande com pessoas que o inspirem a ser mais íntimo de Deus.

4. Cuidado com aquele que diminui os seus sonhosOs dez espias foram usados para diminuir o sonho de Moisés de entrar em Canaã. Eles até conseguiram destruir o sonho do povo, mas não puderam contra Josué e Calebe.
A multidão instruiu o cego a ficar quieto, mas se ele tivesse calado não teria recebido a cura que ele sonhava. “E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele cada vez gritava mais: Filho de Davi, tem misericórdia de mim!” (Mc. 10:48).
Aqueles que procuram diminuir nossos sonhos desejam na verdade destruí-los. E eles fazem isso de várias formas. Em primeiro lugar eles procuram diminuir o esplendor de suas vitórias. Colocam sempre as coisas em termos naturais, sempre dando uma explicação natural para os milagres de Deus.
Em segundo lugar eles sempre riem de suas experiências espirituais. Em vez de tentarem receber de você eles até ridicularizam as mais profundas experiências pelas quais você passou.
O valor de qualquer relacionamento pode ser medido por sua contribuição para as suas prioridades. Aquele que ri de suas experiência com Deus não sabe o valor das pérolas espirituais e também não o ajudará a avançar em Deus.
Por isso vá para onde você é celebrado em vez de ir aonde você é tolerado. O nosso lugar é onde somos celebrados. Vá para onde você é aceito incondicionalmente e não para onde você precisa ter dinheiro ou o carro do ano. Vá para onde eles festejam o seu aniversário e não para onde eles nem sequer se lembram do seu nome. Vá para a Casa de Deus onde você pode ser você mesmo e fuja daqueles lugares e daquelas pessoas que matam a sua espontaneidade e forçam você a usar máscaras para ser aceito.

5. Nunca discuta o seu problema com alguém incapaz de resolvê-lo
Abrir a vida pessoal com alguém incapaz de ajudar-nos é como abrir os tesouros para um ladrão. Não somente é perda de tempo, mas um grande risco. Abra a sua vida com alguém espiritual, mas o mais prudente é ter um discipulador na igreja.
O discipulador é alguém que poderá confrontá-lo naquilo que você não quer ver. Você não pode corrigir o que você se recusa a confrontar. Todos precisamos de dois tipos de pessoas: os amigos íntimos e aqueles mais distantes mas que podem falar em nossas vidas.
Um amigo íntimo está apto a ver tudo em sua vida, mas normalmente ele é cego para aquilo que realmente o prejudica. Assim como acostumamos com sons e perfumes também nos acostumamos com defeitos. Quando convivemos com alguém passamos a não perceber seus defeitos. Isto é uma bênção pois sem isso seria impossível conviver com alguém no casamento, por exemplo. Também a amizade torna-se um fardo se estamos conscientes o tempo todo das debilidades e deficiências do outro.
Toda intimidade produz uma certa cegueira. Por isso precisamos de alguém que possa falar em nossas vidas que não seja nosso amigo íntimo. Tais pessoas estão com os seus sentidos aguçados para nos ajudar. O problema é que normalmente não aceitamos que tais pessoas falem em nossas vidas justamente porque acreditamos que elas não são próximas o suficiente. Lembre-se que para ver melhor às vezes temos de tomar alguma distância. É um equívoco pensar que somente os mais próximos podem nos exortar, devemos estar abertos para sermos tratados por aqueles que são mais espirituais na vida da Igreja.

6. Relacionamentos corretos multiplicam a unçãoRelacionamentos adequados permitem que nossa unção e talento sejam aprimorados. Isso acontece porque o nosso crescimento espiritual depende de nossos relacionamentos.
Se temos relacionamentos saudáveis então seremos estimulados a avançar, mas se nossos relacionamentos nos puxam para baixo é porque estão fora do padrão de Deus.
Provérbios nos ensina a respeito de amizades:

Amigos são raros.“Algumas amizades não duram nada, mas um verdadeiro amigo é mais chegado que um irmão” (Pv. 18:24)

Amigos não abandonam o barco no meio da crise.“Em todo tempo ama o amigo, e na angústia se faz o irmão” (Pv. 17:17).

Amigos se dispõem a dar conselhos.“Como o óleo e o perfume alegram o coração, assim, o amigo encontra doçura no conselho cordial” (Pv. 27:9).

Amigos lhe dizem a verdade.“ Leais são as feridas feitas pelo que ama, porém os beijos de quem odeia são enganosos” (Pv. 27:6).

Amigos estimulam você.“Como o ferro com o ferro se afia, assim, o homem, ao seu amigo” (Pv. 27:17).

Amigos são fiéis a você“O homem perverso espalha contendas, e o difamador separa os maiores amigos” (Pv. 16:28)

Sinais de um relacionamento sólido
O primeiro sinal é o prazer mútuo. Em relacionamentos saudáveis as pessoas passam tempo juntas apenas pelo prazer de estarem juntas. Você tem prazer de estar na sua célula? Tem prazer de estar na vida da igreja? Se não há prazer o relacionamento definhará até acabar. Tenha, porém em mente que o prazer pode ser uma doce descoberta. Podemos a princípio achar que determinado irmão não é muito agradável, mas depois de conhecê-lo descobrimos o quanto ele é precioso e como é agradável a sua companhia.

O segundo sinal de um relacionamento sólido é o respeito. Quando você valoriza alguém você ganha respeito em troca. Verdadeiros relacionamentos estão baseados no respeito. A palavra respeito significa “consideração, deferência e acatamento”. Um dos problemas de nossa geração é a falta de respeito. Desrespeitamos uns aos outros e por isso mesmo colhemos as conseqüências de relacionamentos superficiais e alguns são até mesmo destruídos.
A base dos relacionamentos é o respeito e a consideração. Se não respeitamos ou consideramos alguém não podemos ter com ele um relacionamento sólido e gratificante. Aquele que não respeita o seu tempo também não vai acatar suas palavras. Quem não reconhece a sua unção certamente não vai receber de você. Quem não respeita os seus limites não pode ser seu amigo.

O terceiro sinal de um relacionamento sólido são as experiências compartilhadas. Uma ligação muito forte surge entre soldados no campo de batalha. Quando lutamos ao lado de alguém surge entre nós um verdadeiro compromisso. O mesmo acontece entre colegas de escola que estudam juntos por anos a fio e precisam se preparar juntos para as provas e passar pela mesmas pressões. Se desejamos que nossas células sejam fortes precisamos ter experiências comuns compartilhadas. Se juntos oramos pela multiplicação, juntos organizamos o encontro, juntos vencemos todas as dificuldades, então teremos uma história em comum, será a história de nossas experiências compartilhadas.

O quarto sinal é a confiança. Sem confiança não nos relacionamos, pois a confiança é a base de qualquer relacionamento. Precisamos confiar que “leais são as feridas feitas pelo que ama” (Pv. 27:6).

O quinto e último sinal é a reciprocidade. Relacionamento unilaterais simplesmente não prosperam. Reciprocidade é retribuir numa mesma medida. Se recebo uma grande quantidade de atenção e amor preciso retribuir na mesma medida. Esse é o adubo das melhores amizades.
Sl 1:1-3

Ele Veio Para Libertar Os Cativos - Rebecca Brown



Por dezessete anos, Elaine serviu a seu mestre, Satanás, com total comprometimento. Então ela conheceu a Dra. Rebecca Brown, que também servia a seu mestre, Jesus Cristo, com igual comprometimento. 
Elaine era uma das mais poderosas bruxas dos Estados Unidos quando recebeu a missão de confrontar a médica Rebecca Brown, que apesar de eficaz no âmbito da medicina, até então praticamente nada conhecia sobre batalha espiritual e libertação, mas teve de sozinha se posicionar contra as forças das trevas que a atacavam por causa da boa influência espiritual que ela estava tendo sobre os pacientes do hospital em que trabalhava. 
Uma batalha de proporções épicas se seguiu, na qual a Dra. Rebecca Brown quase perdera a vida. Como resultado, Elaine conheceu um poder e um amor maiores do que tudo o que Satanás poderia lhe dar, o que lhe fez abandonar o satanismo e, junto com Rebecca, pagar um alto preço por isso. 

Link Para Download: http://www.4shared.com/office/bnw6_cR3/rebecca_brown_-_ele_veio_para_.html

Sugestões e Criticas !


 Registre Aqui o seu Pedido, Criticas Sugestões e Elogios!!

Bom dia Espirito Santo - Benny Hinn



Este livro traça a trajetória do autor, hoje, um dos maiores evangelizadores do mundo, rumo à transformação de sua vida por meio dos ensinamentos de Deus. A partir de um encontro surpreendente, uma longa e peculiar amizade começou entre Hinn e o Espírito Santo, uma amizade que também estreitou seus laços com o Pai e o Filho. Neste livro — autêntico clássico cristão, agora em nova edição revisada —, Benny Hinn redefine a forma como as pessoas se relacionam com o Espírito Santo, o Consolador que nos revela a verdade e abre nossos olhos e nossa mente para o poder de sua presença vital para uma vida cristã plena e feliz.

Link Para Download: http://www.4shared.com/office/WNCDvZd9/Bom_Dia_Espirito_Santo.html

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Filme - O Peregrino Uma Jornada Para o Céu

O Peregrino, Uma Jornada para o Céu é uma adaptação modernado clássico conto de John Bunyan. Efeitos visuais incríveis, belas localizações e um elenco maravilhoso dão vida à história que inspirou gerações por centenas de anos. Siga Cristão e seus companheiros nesta grande jornada da Cidade da Destruição para os portões do céu. Ao longo do caminho, os peregrinos enfrentam obstáculos grandes e pequenos feitos pelo homem e criados por demônios. Além da história fascinante, a poderosa obra de Bunyan nos ensina sobre os perigos e as esperanças da vida cristã sobre a triunfante glória que espera todos aqueles que seguem o Rei dos reis!

LINK PARA DOWNLOAD:                                                                                           http://www.4shared.com/video/g_d-UlDd/filme___o_peregrino_uma_jornad.html


                                                                     

                                                                          TRAILER
                                          




Fuja dos desejos da Mocidade


Fuja das paixões da mocidade e procure viver uma vida correta, com fé, amor e paz.
2 Timoteo 2.22. Estes foram os conselhos que o Apóstolo Paulo deu para Timóteo: Fuja das paixões da tua mocidade. E é sobre isso que eu desejo compartilhar com vocês.


O livro de Eclesiastes no capitulo 2 nos conta a história de Salomão, quando ele resolveu se divertir e gozar dos prazeres da vida.
Ele pensava que curtir sua vida aqui na Terra seria a melhor coisa. Salomão ajuntou para si prata e ouro dos tesouros dos reis e das terras que governou, e com isso, se tornou um dos mais ricos de Jerusalém. Além disso, teve todas as mulheres que um homem pode desejar, conseguiu tudo o que queria.


Mas quando ele parou para pensar em todas as coisas que havia feito e no trabalho que teve para conseguir fazê-las, compreendeu que tudo era ilusão e que não tinha proveito algum. Era como correr atrás do vento.
Salomão não ganhou nada com esses prazeres momentâneos, a não ser desgostos e preocupações.

Esta história serve de exemplo para você jovem, que pode estar pensando que está ganhando muitas coisas com estes prazeres da tuda mocidade. Mas enfim, você não está ganhando nada com isso, a não ser desgostos e preocupações.

Ainda no livro de Eclesiastes, Salomão deixa conselhos para nós, jovens. Olha o que o capitulo 11.9 nos diz:
Aproveite a sua mocidade e seja feliz enquanto é moço. Faça tudo o que quiser e siga os desejos do teu coração. Mas lembre-se de uma coisa: Deus os julgará por tudo o que você fizer. Não deixe que nada o faça sofrer, pois a mocidade dura pouco.

Jovem, não espere a sua fase adulta chegar para então começar a ser dedicado a Deus, Salomão nos aconselha a começar a buscar a Deus e a lembrar dele desde os dias da nossa mocidade(Ec 12-1).

Em 1 João no capitulo 2,14 a 17 têm uma mensagem muito bonita para nós:

Escrevo a vocês jovens, porque são fortes. A mensagem de Deus vive em vocês, e vocês já venceram o maligno.
Não amem o mundo, nem as coisas que há nele. Se vocês amam o mundo, não amam a Deus, o Pai. Nada que é deste mundo vem do Pai. Os maus desejos da natureza humana, a vontade de ter o que agrada aos olhos e o orgulho pelas coisas da vida, tudo isso não vem do Pai, mas do mundo. E o mundo passa, com tudo aquilo que as pessoas cobiçam, porém aquele que faz a vontade de Deus vive para sempre.

Jovens, assim como Timóteo devemos fugir de todos os nosso desejos pecaminosos e viver uma vida correta, de dedicação à Deus, de fé, de amor, de perseverança e de respeito pelos outros.( 1 Tm 6.11). Foi para esta vida que fomos chamados, e devemos continuar assim até o dia em que o nosso Senhor Jesus Cristo aparecer.

No livro de Joel no capitulo 3, o Senhor nos chama para voltarsse para ele com todo o coração, jejuando, chorando e se lamentando. Em sinal de arrenpedimento, não devemos rasgar as nossas roupas, mas sim o coração.

Em 2 Crônicas 7.14 o Senhor diz: "se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar, buscar a minha face e se afastar dos seus maus caminhos, dos céus o ouvirei, perdoarei o seus pecados e sararei a sua terra."

Em Tiago no capitulo 4-7 a 10 diz: Portanto, obedeçam a Deus e resisti ao diabo, que ele fugirá de vós. Cheguem perto de Deus, e ele se chegará perto de vocês. Lavem as mãos pecadores! Limpem o coração, hipócritas! Fiquem tristes, gritem e chorem. Mude as suas risadas em choro e sua alegria em tristeza. Humilhem-se diante do Senhor, e ele vos exaltará.

No final do livro de Eclesiastes, Salomão conclui:
De tudo o que foi dito, a conclusão é esta: "Tema a Deus e obedeça aos seus mandamentos porque foi para isso que fomos criados. Nós teremos de prestar conta a Deus em tudo o que fizermos e até daquilo que fizermos em segredo, seja o bem ou o mal. ( Ec 12-13,14).

Portanto, meus irmãos, por causa da grande misericórdia divina, peço que vocês se ofereçam completamente a Deus como um sacrificio vivo, dedicado ao seu serviço e agradável a ele. Esta é a verdadeira adoração que vocês devem oferecer a Deus. Não vivam como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os tranforme por meio de uma mudança completa da mente de vocês. Assim vocês conhecerão a vontade de Deus, isto é, aquilo que é bom, perfeito e agradável a ele. ( Romanos 12-1,2).

Por último meus irmãos, encham a mente de vocês com tudo o que é bom e merece elogios, isto é, tudo o que é verdadeiro, digno, correto, puro, agradável e decente. Ponham em prática o que vocês receberam e aprenderam de mim, tanto com as minhas palavras como as minhas ações. E o Deus que nos dá a paz estará com vocês. ( Fp 4-8,9).

Que a graça do Senhor Jesus Cristo esteja com todos vocês. ( Fp 4.23)

JOVENS CRISTÃOS - TREMENDO !

                                     


QUE TIPO DE GERAÇÃO SOMOS NOS ?


Foge também das paixões da mocidade; e segue a justiça, 
a fé, o amor, e a paz com os que, com um coração puro, invocam o Senhor. 2 Timóteo 2:22



“As Características dos Sonhos de Deus”

                                                                        

Texto Base: Gn 41:25-37 -  Todas as pessoas buscam de uma maneira natural e espiritual três coisas na vida:Significância – um motivo para viver;
Relevância – fazer a diferença; Satisfação – obter um resultado positivo. Só obtemos esses três aspectos quando alcançamos os sonhos de Deus. É dessa maneira que se cumpre o propósito de vida. Um sonho dado por Deus é a manifestação do que Deus quer fazer. Deus nos dará pessoas-chaves para cumprirmos os Seus sonhos. Ele vai estabelecer o tempo certo, as pessoas certas e a maneira certa. “O sábio conhece o tempo e o modo” (Eclesiastes 8:5). Não podemos perder as oportunidades.
Você consegue entender o tempo de Deus para a sua vida?  Consegue entender o tempo de Deus para essa nação? Quais são as pessoas-chaves que Deus tem te dado nestes dias? Podemos responder essas perguntas com base no texto, analisando as dez características dos sonhos de Deus.
1.     Você não pede os sonhos de Deus, eles brotam no seu espírito.
Deus lhe concederá simples visões, ainda que pequenas, de um grande propósito a se cumprir. Os sonhos de Deus irão queimar dentro do seu coração como algo que você anseia realizar, sem saber como, onde, com quem ou de que maneira.
2.     Você não tem os meios em si mesmo para cumpri-los.
Deus te levará a depender somente Dele. Você só precisará se dispor para que a realização dos sonhos venham acontecer. A sua disposição para cumprir o sonho de Deus será uma ferramenta importante. Você está disposto a cumprir os sonhos de Deus para sua vida?
3.     Você não é capaz.
Neste ponto você não tem os meios e ainda se acha uma pessoa completamente incapaz de realizar os sonhos que Deus tem colocado no seu coração. Você se acha cheio de complexo de inferioridade do tipo: “eu sou pobre demais, não sou inteligente, não tenho curso superior…” Pessoas assim costumam a depender de Deus, enquanto que as pessoas inteligentes que nasceram ricas tendem a depender de si mesmas. Hoje Deus te concede uma posição na qual você possa depender totalmente Dele.
4.     Você não tem noção da grandeza dos sonhos de Deus.
Você não consegue imaginar o tamanho, a dimensão dos sonhos de Deus para sua vida. Hoje você se vê na célula, sendo treinado por um líder. Porém, o que Deus tem para você vai muito além. Deus quer te levar a um nível mais alto para te usar a alcançar milhares de pessoas, a curar enfermos, a expulsar demônios, a gerar vida onde só há morte. Os sonhos de Deus para sua vida são grandes porque o nosso Deus é grande. José teve apenas um vislumbre em seus sonhos, e viu sua família a se prostrar diante dele para mais tarde governar todo o Egito.
5.  Os seus caminhos se alinharão com os sonhos de Deus.
Deus te dará a maneira certa e te colocará no lugar certo para que os sonhos possam se cumprir. Ele alinhará seus passos na direção que você deve seguir. Você precisa responder a Deus, sendo sensível às direções do Espírito Santo através da sua Palavra e da sua liderança. Onde Deus tem te colocado hoje? Você consegue ver com clareza Deus te conduzir a realizar seus sonhos?
6.  Os sonhos de Deus dados à você não significa que serão cumpridos.
Para que o sonho de Deus venha a se concretizar, é necessário que você responda corretamente a Deus. Que você permita que Deus te use onde você estiver da maneira Dele! A sua resposta é importante para que Deus possa realizar seus sonhos. Você precisa ter um coração ensinável, disposto a obedecer e humilde. Precisa ser um vaso vazio de si mesmo para que possa ser cheio de Deus.
7.  Se você  não cumprir os sonhos de Deus, alguém irá cumpri-los.
Deus deseja te usar. Você é o instrumento escolhido por Ele para impactar esta nação, para fazer a diferença na vida de outras pessoas. Não permita que os sonhos Dele passem de você. Se você não se dispor a obedecer a Deus e responder a este chamado, Deus levantará outro em seu lugar. Foi assim entre Adão e Jesus, entre Saul e Davi. Essa pode ser uma oportunidade única na sua vida de poder ser um canal de realização dos sonhos de Deus. Esse é o tempo, essa é a hora!
8.  Para cumprir os sonhos de Deus na sua vida, Deus levantará pessoas.
Deus alinhará pessoas certas nos seu caminho para a realização desses sonhos. Ele te dará pessoas que o ajudarão a cumprir o seu propósito. Por exemplo: líderes, pastores, seus irmãos em Cristo, pessoas escolhidas por Deus para edificar a sua vida. As pessoas virão, Deus irá mandá-las, mas você estará disposto a recebê-las? Deus nos deixa claro em Atos que a Igreja perseverava em unidade. Somente assim conseguiremos cumprir os sonhos de Deus para nossas vidas. Identifique hoje quem são estas pessoas que Deus tem te dado!
9.  Para se cumprir os sonhos, Deus  alinhará você no lugar certo.
Deus te conduzirá ao lugar da realização dos sonhos. Um lugar onde você poderá obter mais treinamento da Palavra, lugar de unção, de vida de Deus. Ele te conduzirá ao lugar certo com as pessoas certas. Neste lugar você terá tudo que precisa para a realização dos sonhos de Deus. Sabemos que nada acontece em nossas vidas por acaso e tudo é propósito do Senhor. Você não está fazendo parte de uma célula por acaso e nem deste país por acaso. Tudo faz parte da realização dos sonhos de Deus na sua vida.
10.  Finalmente, os sonhos de Deus envolvem  pagamento de preço. 
Tudo que é importante é mais caro! Você verá que para se cumprir os sonhos de Deus é necessário se pagar um preço. Preço de jejum, oração, leitura da Palavra, obediência, disposição. O preço da renúncia é entregar de fato a sua vida para o cumprimento dos sonhos. É necessário que você se disponha a pagar o preço exigido por Deus. Tudo que é mais precioso custa mais! Você está disposto a pagar esse preço pela realização dos sonhos de Deus na sua vida? Jesus Cristo se dispos e pagou o preço por você!
Conclusão
Temos que ter a convicção que é Deus quem dá o sonho, mas também coloca a pessoa certa, no lugar certo e no tempo certo para realizar esse sonho. Quem Deus levante, ninguém abate, quem Deus abate, ninguém levanta. Se não é o Senhor quem levanta, não há quem possa sustentar.
Nós com certeza fomos escolhidos para realizar os sonhos de Deus nao apenas nas nossas vidas, mas especialmente nesta nação que aguarda com expectativa a manifestação dos Filhos de Deus.
Pr. Marcelo Almeida    -    Texto Base: Gn 41:25-37
Introdução
Todas as pessoas buscam de uma maneira natural e espiritual três coisas na vida:
Significância – um motivo para viver;
Relevância – fazer a diferença;
Satisfação – obter um resultado positivo.
Só obtemos esses três aspectos quando alcançamos os sonhos de Deus. É dessa maneira que se cumpre o propósito de vida. Um sonho dado por Deus é a manifestação do que Deus quer fazer. Deus nos dará pessoas-chaves para cumprirmos os Seus sonhos. Ele vai estabelecer o tempo certo, as pessoas certas e a maneira certa. “O sábio conhece o tempo e o modo” (Eclesiastes 8:5). Não podemos perder as oportunidades.
Você consegue entender o tempo de Deus para a sua vida?  Consegue entender o tempo de Deus para essa nação? Quais são as pessoas-chaves que Deus tem te dado nestes dias? Podemos responder essas perguntas com base no texto, analisando as dez características dos sonhos de Deus.
1.     Você não pede os sonhos de Deus, eles brotam no seu espírito.
Deus lhe concederá simples visões, ainda que pequenas, de um grande propósito a se cumprir. Os sonhos de Deus irão queimar dentro do seu coração como algo que você anseia realizar, sem saber como, onde, com quem ou de que maneira.
2.     Você não tem os meios em si mesmo para cumpri-los.
Deus te levará a depender somente Dele. Você só precisará se dispor para que a realização dos sonhos venham acontecer. A sua disposição para cumprir o sonho de Deus será uma ferramenta importante. Você está disposto a cumprir os sonhos de Deus para sua vida?
3.     Você não é capaz.
Neste ponto você não tem os meios e ainda se acha uma pessoa completamente incapaz de realizar os sonhos que Deus tem colocado no seu coração. Você se acha cheio de complexo de inferioridade do tipo: “eu sou pobre demais, não sou inteligente, não tenho curso superior…” Pessoas assim costumam a depender de Deus, enquanto que as pessoas inteligentes que nasceram ricas tendem a depender de si mesmas. Hoje Deus te concede uma posição na qual você possa depender totalmente Dele.
4.     Você não tem noção da grandeza dos sonhos de Deus.
Você não consegue imaginar o tamanho, a dimensão dos sonhos de Deus para sua vida. Hoje você se vê na célula, sendo treinado por um líder. Porém, o que Deus tem para você vai muito além. Deus quer te levar a um nível mais alto para te usar a alcançar milhares de pessoas, a curar enfermos, a expulsar demônios, a gerar vida onde só há morte. Os sonhos de Deus para sua vida são grandes porque o nosso Deus é grande. José teve apenas um vislumbre em seus sonhos, e viu sua família a se prostrar diante dele para mais tarde governar todo o Egito.
5.  Os seus caminhos se alinharão com os sonhos de Deus.
Deus te dará a maneira certa e te colocará no lugar certo para que os sonhos possam se cumprir. Ele alinhará seus passos na direção que você deve seguir. Você precisa responder a Deus, sendo sensível às direções do Espírito Santo através da sua Palavra e da sua liderança. Onde Deus tem te colocado hoje? Você consegue ver com clareza Deus te conduzir a realizar seus sonhos?
6.  Os sonhos de Deus dados à você não significa que serão cumpridos.
Para que o sonho de Deus venha a se concretizar, é necessário que você responda corretamente a Deus. Que você permita que Deus te use onde você estiver da maneira Dele! A sua resposta é importante para que Deus possa realizar seus sonhos. Você precisa ter um coração ensinável, disposto a obedecer e humilde. Precisa ser um vaso vazio de si mesmo para que possa ser cheio de Deus.
7.  Se você  não cumprir os sonhos de Deus, alguém irá cumpri-los.
Deus deseja te usar. Você é o instrumento escolhido por Ele para impactar esta nação, para fazer a diferença na vida de outras pessoas. Não permita que os sonhos Dele passem de você. Se você não se dispor a obedecer a Deus e responder a este chamado, Deus levantará outro em seu lugar. Foi assim entre Adão e Jesus, entre Saul e Davi. Essa pode ser uma oportunidade única na sua vida de poder ser um canal de realização dos sonhos de Deus. Esse é o tempo, essa é a hora!
8.  Para cumprir os sonhos de Deus na sua vida, Deus levantará pessoas.
Deus alinhará pessoas certas nos seu caminho para a realização desses sonhos. Ele te dará pessoas que o ajudarão a cumprir o seu propósito. Por exemplo: líderes, pastores, seus irmãos em Cristo, pessoas escolhidas por Deus para edificar a sua vida. As pessoas virão, Deus irá mandá-las, mas você estará disposto a recebê-las? Deus nos deixa claro em Atos que a Igreja perseverava em unidade. Somente assim conseguiremos cumprir os sonhos de Deus para nossas vidas. Identifique hoje quem são estas pessoas que Deus tem te dado!
9.  Para se cumprir os sonhos, Deus  alinhará você no lugar certo.
Deus te conduzirá ao lugar da realização dos sonhos. Um lugar onde você poderá obter mais treinamento da Palavra, lugar de unção, de vida de Deus. Ele te conduzirá ao lugar certo com as pessoas certas. Neste lugar você terá tudo que precisa para a realização dos sonhos de Deus. Sabemos que nada acontece em nossas vidas por acaso e tudo é propósito do Senhor. Você não está fazendo parte de uma célula por acaso e nem deste país por acaso. Tudo faz parte da realização dos sonhos de Deus na sua vida.
10.  Finalmente, os sonhos de Deus envolvem  pagamento de preço. 
Tudo que é importante é mais caro! Você verá que para se cumprir os sonhos de Deus é necessário se pagar um preço. Preço de jejum, oração, leitura da Palavra, obediência, disposição. O preço da renúncia é entregar de fato a sua vida para o cumprimento dos sonhos. É necessário que você se disponha a pagar o preço exigido por Deus. Tudo que é mais precioso custa mais! Você está disposto a pagar esse preço pela realização dos sonhos de Deus na sua vida? Jesus Cristo se dispos e pagou o preço por você!
Conclusão
Temos que ter a convicção que é Deus quem dá o sonho, mas também coloca a pessoa certa, no lugar certo e no tempo certo para realizar esse sonho. Quem Deus levante, ninguém abate, quem Deus abate, ninguém levanta. Se não é o Senhor quem levanta, não há quem possa sustentar.
Nós com certeza fomos escolhidos para realizar os sonhos de Deus nao apenas nas nossas vidas, mas especialmente nesta nação que aguarda com expectativa a manifestação dos Filhos de Deus.

sábado, 27 de julho de 2013

Chamado ou Voluntário ?



“Rogo-vos, pois, eu, o prisioneiro no Senhor, que andeis de modo digno da vocação a que fostes chamados” -Efésios 4.1

Nosso encargo é edificar uma igreja de vencedores. E uma igreja de vencedores é uma igreja onde as pessoas têm encargo por aquilo que fazem. Ou seja, temos a consciência de que fomos chamados por Deus para isso. Se não for assim, a nossa vida não faz sentido. 
Infelizmente, muitas igrejas ainda trabalham com a visão do voluntariado. Essa visão moderna e antibíblica tão difundida pelas Ongs e tão reconhecida pela sociedade moderna, não faz parte dos valores do Reino. É um modernismo que tem prejudicado o cumprimento do comissionamento divino. 
Está certo o Dr. Ralph Neighbours, em seu livro sobre supervisão de células quando estabelece as diferenças entre o chamado e o voluntário. 

Um voluntário olha para o ministério como mais um compromisso que ele é obrigado a cumprir, mas alguém chamado por Deus olha para o ministério como outra oportunidade para ser usado por Deus.

Um voluntário olha para as críticas construtivas com ressentimento, mas alguém chamado por Deus é agradecido pelo retorno que as pessoas dão ao seu trabalho, já que ele quer melhorar sempre o que faz.

Um voluntário dedica o mínimo de esforço necessário, mas o chamado por Deus dedica o máximo de esforço. 

Um voluntário fica sentado e reclama das inúmeras coisas que o estão chateando, mas alguém chamado por Deus assume sua responsabilidade pessoal de ajudar a melhorar o que precisa ser melhorado.

Um voluntário sente-se ameaçado pelos dons e habilidades dos outros, mas alguém chamado por Deus sente-se seguro pela direção de Deus em sua vida.

Um voluntário não busca estudar ou preparar-se melhor no que está a fazer (afinal de contas ele é um voluntário), mas alguém que é chamado por Deus tenta se preparar para exercer seu ministério da melhor forma possível.

Um voluntário é cego a respeito das necessidades do ministério, mas alguém chamado por Deus ora intensamente por essas necessidades.

Um voluntário vai desistir diante dos primeiros sinais de adversidade ou desencorajamento, mas alguém chamado por Deus permanece e continua a trabalhar, apesar dos obstáculos no caminho.

Um voluntário é mais propenso a ciúme e inveja, mas alguém chamado por Deus glorifica a Deus por distribuir habilidades espirituais.

Um voluntário se retrai e evita resolver conflitos pessoais, mas alguém chamado por Deus busca resolver todos os conflitos de relacionamento para preservar a unidade da equipa com a qual está servindo.

Um voluntário tem como sua principal fonte de desempenho os seus próprios dons e habilidades, mas alguém chamado por Deus sabe que ser canal do poder de Deus é a melhor recompensa que alguém pode ter em sua vida.

Um voluntário não aceita ser colocado em situações de “tensão”, mas alguém chamado por Deus responde com humilde dependência de Deus.

E então? Você é chamado ou voluntário?

Por:Pr. Nelson Guimarães

quinta-feira, 25 de julho de 2013

O Preço da Glória



Filipenses 3:8-10 “E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri perda de todas estas coisas, e as considero como refugo, para que possa ganhar a Cristo. E seja achado Nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé. Para conhecê-lo, e à virtude da sua ressurreição, e à comunicação de suas aflições, sendo feito conforme à sua morte. ”

Nós temos hoje a teologia do prazer. Tudo tem que ser bom, agradável, confortável, gostoso. Eu tenho que viver uma vida de prazer, minha vida tem que ser feliz. Porém esse evangelho não é o evangelho de Cristo e não é o evangelho que muitos irmãos, em outros países, estão vivem hoje. E muitas vezes olhamos para os países do primeiro mundo como alvo. Nós queremos ter o conforto, a tecnologia, tudo nos cercando de facilidades como os países do primeiro mundo têm, mas não atentamos para tudo aquilo que já temos em nosso país. Enquanto isso, muitos pagam com a vida a identificação que têm com o Senhor Jesus. Corem risco de morte para pregar o evangelho pelo mundo. Na China, por exemplo, Bíblia é uma preciosidade, o governo não permite que a Bíblia seja impressa. No Brasil temos muito conforto. Podemos comprar e distribuir quantas Bíblias quisermos, você não tem restrição nenhuma para falar de Jesus. Você tem liberdade religiosa. Nós estamos nas televisões, nas rádios, em todas as mídias. Porém, muitas vezes, nós não entendemos o que é Cristianismo. Nós precisamos reinterpretar o que é sofrimento. Precisamos reler Bíblia, numa visão mais centrada dentro do Novo Testamento a respeito do que é o sofrimento. Nós temos aversão ao sofrimento, mas a única maneira de avançarmos é abraçarmos o sofrimento voluntariamente. Não tem como Deus mover. Muitas vezes, nós fugimos de falar do evangelho com medo de sermos rejeitados. Temos medo de constranger as pessoas. Nós não queremos sofrimento, rejeição, não queremos de forma nenhuma causar aborrecimento e não queremos que nenhum aborrecimento nos atinja. Então entramos em um casulo, o qual impede Deus de entrar em nossas vidas. E nesse texto de Filipenses, Paulo considera tudo como perda por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor, meu Salvador.

Qual perda você já teve para que o evangelho avance, para que o evangelho progrida, para que o evangelho prospere?
Na verdade nós temos uma teologia. É teologia de servimos a nós próprios, a todo custo. Deus quer levantar uma geração que pague qualquer preço. Se for para ser humilhado diante das pessoas, e essa for a perfeita vontade do Senhor, então deveríamos ver isso como um privilégio, uma alegria, uma honra. Deveríamos considerar grande privilégio poder sofrer por amor da sublimidade de Jesus Cristo. Mas muitas vezes não queremos perder nada. Mas se não perdermos nada, não ganharemos. O caminho de ganhar qualquer coisa é perder.
Você pode dizer que é um seguidor de Jesus Cristo?
Então observe qual é o estilo de vida daquele que você escolheu para ser o seu Senhor.
Jesus teve um estilo de vida de perda. Esse é o caráter de Deus, por isso Deus é Deus. Essa é a índole de Deus. Deus não é o ego centralizador do universo, é o contrário disso.
Você sabe por que Deus deseja que você o tenha como Senhor?
Porque essa é a única maneira de Ele te servir, de te envolver, de te amar, de levantar a sua vida. Não há outra forma. Mas se nós não perdemos, nós não ganhamos. Deixe o Espírito Santo marcar o seu coração com palavras de brasa, sem perda não há ganho. Se você não se entregar, não haverá cura. Você só vai ver milagres na sua vida quando entregar o controle total dela, dizendo: “Senhor, eu não vou controlar mais nada, eu vou render minha vida ao Senhor (...) Eu quero entregar o controle para o Senhor de fato.”

Quem controla de fato sua vida? É o seu próprio ego ou é de fato o propósito de Deus?
Não tem jeito. Ou é o Espírito Santo te conduzindo ou é você se autoconduzindo.
Para milagres, você tem entregar o controle para Jesus.
O que você está disposto a perder para ganhar a sublimidade da expressão de Cristo?
À vezes queremos milagres, mas não estamos dispostos a passar nenhum constrangimento, não existe isso. Você não vai ganhar almas sem constrangimento. Jesus teve uma vida inteira de perdas, de dor, de constrangimento, mas nós não queremos isso para nossa vida. De um lado perda, do outro lado sublimidade.

Paulo e Silas foram rejeitados, apanharam, foram jogados no calabouço, em um alugar terrível, mal cheiroso. Mas de repente, cantando, num momento em que eles deveriam estar deprimidos, a sublimidade se revela ali. Se você quiser ver sublimidade, entregue o controle, larga de querer estar por cima das pessoas, de querer ter o comando, ter a última palavra, de querer ter segurança a qualquer custo, de querer ser liberto por seus próprio meios. Entrega para Jesus. Deixa a humilhação acontecer. Deixa o Espírito Santo usar isso.
Sem entrega do controle, você não vai conhecer a Cristo em uma medida maior.
Esse versículo de Filipenses aponta para o conhecer a Cristo. Para conhecer a Cristo, é preciso dizer a Ele: “Senhor, o Senhor pode fazer o que quiser em minha vida, faz o que o Senhor quiser da minha vida.”

O poder que Paulo cita, é o poder que vence morte. Muitas pessoas estão mergulhadas em morte. A vida delas não tem sabor, não tem alegria. Isso porque não entregou tudo ainda. A Bíblia aponta o caminho para o conhecer de Deus, com sinais, prodígios e maravilhas. Paulo fala sobre a comunhão de seus sofrimentos. Comunhão vem da palavra grega Koynonia que significa participação, ter em comum, ou seja, a participação do seu sofrimento.
A provisão vem, quando você deixa Deus ser a fonte da sua provisão. A direção virá quando você deixar Deus ser a sua direção. A Graça virá quando você deixar que Deus te fortaleça. A justiça virá quando você entregar para Deus a iniciativa.
Você não deve ficar passivo, mas deve ser ativamente dependente de Deus.
“(...) Aquele que habita no esconderijo do altíssimo, à sombra do onipotente, descansará (...)”. Deus tem uma sombra para você. Mas essa sombra é para aqueles que o buscam que estão ansiosos para ter o Senhor como princípio regente, como verdadeiro e único governador.

Por: Pr Marcelo Almeida